Repórter da TV Globo que cobriu ação do Exército recebe ameaça de morte

O repórter Carlos de Lannoy, que cobriu pela TV Globo a operação do Exército que resultou no fuzilamento de um veículo de passeio no Rio de Janeiro, repercutiu nas redes sociais a ameaça de morte que recebeu de um telespectador.

A mensagem, postada em nome de Erik Procópio, foi enviada a Carlos minutos depois do “Fantástico” exibir a reportagem “Homem morre depois que carro em que ele estava com a família foi fuzilado pelo Exército”.

“Mexeu com o Exército, assinou sua sentença! Sua família vai pagar! Aguarde cartas!”, diz um trecho do post.

Incomodado com a ameaça, Carlos promete levar o caso para a Justiça.

 

Via DCM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *