JUSTIÇA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE SUSPEITO DO ASSASSINATO DE UNIVERSITÁRIA EM PEDRA BRANCA

Foi expedido na comarca de Pedra Branca, Município localizado no Centro do Estado, o pedido de prisão preventiva contra o osuspeito do assassinato na universitária Danielle de Oliveira Silva, 20 anos. A jovem foi encontrada morta, despida e com sinais de violência no início da manhã da quinta-feira (25).
 
A delegada da Polícia Civil em Pedra Branca, Anarda Pinheiro Araújo, à frente das investigações, revelou o nome do suposto autor. Ele foi identificado como José Pereira da Costa. Ele estava trabalhando no sítio da família da vítima, como vaqueiro, amansando animais e outros serviços.
 
Pelos levantamentos realizados nas investigações, “Zé do Valerio’, como é mais conhecido, morava na localidade de Juazeiro da Sombra, nos limites de Pedra Branca com Quixeramobim e senador Pompeu, vizinha à propriedade da família da universitária. A vizinhança sabia que ele é foragido da Justiça, por conta de outro assassinato, e costumava andar armado.
A Polícia Civil apura as informações sobre o outro crime atribuído ao foragido, o assassinato da comerciante Maria Solange Cezário, 39. Ela foi assassinada em abril de 2013 no município de Tauá. O crime ocorreu no Setor E- Colonos, próximo ao Açude Quebrado, ao lado da BR 020, a pouco mais de 10km do Centro da cidade.
 
“Zé da Foice”, como se apresentava naquela região, também tentou matar o marido da comerciante. O outro Mandado de Prisão é daquela comarca, explicou um inspetor da Polícia Civil acrescentando que as buscas ao foragido continuam em Pedra Branca em municípios vizinhos. Equipes de Quixeramobim e de Senador Pompeu participam do cerco na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *