Ex-prefeito de Baraúna é morto pelo pai ao ser confundido com ladrão

Alyson foi socorrido ainda com vida para o Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos. Foto: Reprodução/ WhatsApp

Vítima tentava arrombar porta da casa porque os vizinhos viram uma quantidade grande de fumaça saindo do imóvel

O ex-prefeito de Baraúna Alyson José da Silva Azevedo, 37 anos, morreu ao tentar controlar um princípio de incêndio na casa do pai e foi atingido com um tiro no peito disparado pelo genitor. Adilson José de Azevedo, pai da vítima e também ex-prefeito da cidade, disparou contra o filho achando que um assaltante teria invadido sua residência. A tragédia ocorreu na noite de segunda-feira (12), na cidade de Baraúna, no Seridó paraibano.

Alyson tentou arrombar a porta da casa do pai após ter sido acionado por vizinhos, que viram uma grande quantidade de fumaça saindo do imóvel e não conseguiam acorda o pai da vítima. De acordo com a Polícia Civil, uma panela havia sido deixada no fogão. Alyson foi chamado porque morava próximo. Na tentativa de arrombar o portão, o pai acordou com o barulho e disparou contra o filho. A vítima ainda foi socorrida para o Hospital Regional de Picuí, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *