Deputados se agridem após matéria sobre R$ 40 milhões para aprovar Previdência repercutir na Câmara

Deputados federais saíram no braço na tarde desta quarta-feira (24) no plenário da Câmara dos Deputados após a repercussão de matéria da Folha sobre uma suposta decisão do governo de Jair Bolsonaro (PSL) de oferecer a parlamentares aumento nas emendas parlamentares em troca de votos pela Reforma da Previdência.

“O governo está ofertando cargos. O governo está acertando os deputados”, disse o deputado Aliel Machado (PSB-PR), que foi imediatamente chamado de “vagabundo” por José Medeiros (Podemos-MT). A segurança da Câmara teve que apartar a briga.

Segundo a reportagem, em reunião na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS) ofereceu um extra de R$ 40 milhões em emendas parlamentares até 2022 a cada deputado federal que votar a favor da Reforma da Previdência no plenário da Câmara.

Veja abaixo o vídeo completo:

Vídeo incorporado

@GeorgMarques
 

Porrada na Câmara dos Deputados entre @JoseMedeirosMT e @alielmachado após o deputado do PSB repercutir matéria da @folha sobre compra de apoio parlamentar para aprovar Reforma da Previdência

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *