Após 3 meses, Bolsonaro tem a pior avaliação entre presidentes de 1º mandato

Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (7) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL):

  • Ótimo/bom: 32%
  • Regular: 33%
  • Ruim/péssimo: 30%
  • Não sabe/não respondeu: 4%

A pesquisa ouviu 2.086 pessoas com mais de 16 anos, em 130 municípios, nos dias 2 e 3 abril. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

É a pior avaliação para um presidente da República no início de primeiro mandato desde 1990. Fernando Collor (então no PRN) tinha 19% de reprovação após três meses, contra 16% de FHC (PSDB), 10% de Lula (PT) e 7% de Dilma (PT).

A ex-presidente é quem tinha a melhor avaliação: 47% de ótimo/bom em 2011. Lula tinha 43%, contra 39% de FHC e 36% de Collor.

Na manhã deste domingo, na entrada do Palácio da Alvorada (residência oficial da Presidência, em Brasília), Bolsonaro foi questionado sobre o resultado da pesquisa.

“Datafolha? Não vou perder tempo para comentar pesquisa Datafolha que disse que eu ia perder para todo mundo no segundo turno. Tem um item lá que diz que Lula e Dilma são mais inteligentes do que eu. Valeu Datafolha”, afirmou.

Expectativa

A expectativa com o futuro do governo, após três meses de mandato, é a pior desde 1995: 59% esperam que Bolsonaro faça um governo ótimo ou bom, contra 48% de FHC, 76% de Lula e 77% de Dilma.

Antes da posse, 65% esperavam que Bolsonaro fizesse um governo ótimo ou bom, contra 17% de regular e 12%, ruim ou péssimo. Hoje, os que acreditam em um governo regular são 16% e ruim/péssimo, 23%.

Imagem do presidente

Metade dos entrevistados pelo Datafolha julga que o presidente “trabalha pouco”:

Jair Bolsonaro

  • Trabalha muito: 42%
  • Trabalha pouco: 50%
  • É muito inteligente: 58%
  • É pouco inteligente: 39%

Dilma Rousseff

  • Trabalha muito: 54%
  • Trabalha pouco: 29%
  • É muito inteligente: 85%
  • É pouco inteligente: 9%

Luiz Inácio Lula da Silva

  • Trabalha muito: 70%
  • Trabalha pouco: 21%
  • É muito inteligente: 69%
  • É pouco inteligente: 24%

O Datafolha também perguntou aos entrevistados sobre outras características de Bolsonaro:

  • É preparado: 52%
  • É despreparado: 44%
  • É autoritário: 57%
  • É democrático: 37%
  • Respeita mais os ricos: 57%
  • Respeita mais os pobres: 24%
  • É decidido: 56%
  • É indeciso: 42%

Homens e mulheres

O Datafolha apurou que a aprovação a Bolsonaro é maior entre homens que entre mulheres:

Homens

  • Ótimo/bom: 38%
  • Regular: 33%
  • Ruim/péssimo: 26%
  • Não sabe: 3%

Mulheres

  • Ótimo/bom: 28%
  • Regular: 34%
  • Ruim/péssimo: 33%
  • Não sabe 5%

Faixas de renda

A aprovação do governo Bolsonaro (percentuais de ótimo/bom)por faixa de renda é a seguinte, de acordo com a pesquisa Datafolha:

  • Até dois salários mínimos: 26%
  • Mais de dois a cinco salários mínimos: 36%
  • Mais de cinco a dez salários mínimos: 43%
  • Mais de dez salários mínimos: 41%

Regiões

A pesquisa indica que Bolsonaro sofre a maior rejeição (percentuais de ruim/péssimo) é o Nordeste:

  • Nordeste: 39%
  • Sudeste: 30%
  • Sul: 22%
  • Centro-Oeste/Norte: 22%

As maiores taxas de aprovação (percentuais de ótimo/bom) de Bolsonaro estão nas regiões Sul (39%) e Centro-Oeste/Norte (38%).

Religião

Entre os segmentos religiosos, evangélicos são os que mais aprovam Bolsonaro: 42% consideram o governo ótimo ou bom. Entre os católicos, esse índice é de 27%.

O que fez pelo país

O Datafolha perguntou aos entrevistados se o que Jair Bolsonaro fez pelo país em três meses de mandato é mais ou menos do que se esperara. Os resultados são os seguintes:

  • Fez pelo país menos do que você esperava: 60%
  • Fez pelo país o que você esperava que fizesse: 22%
  • Fez pelo país mais do que você esperava: 13%
  • Não sabe: 4%
  • Outras respostas: 1%

Dilma Rousseff

  • Trabalha muito: 54%
  • Trabalha pouco: 29%
  • É muito inteligente: 85%
  • É pouco inteligente: 9%

Luiz Inácio Lula da Silva

  • Trabalha muito: 70%
  • Trabalha pouco: 21%
  • É muito inteligente: 69%
  • É pouco inteligente: 24%

O Datafolha também perguntou aos entrevistados sobre outras características de Bolsonaro:

  • É preparado: 52%
  • É despreparado: 44%
  • É autoritário: 57%
  • É democrático: 37%
  • Respeita mais os ricos: 57%
  • Respeita mais os pobres: 24%
  • É decidido: 56%
  • É indeciso: 42%

Homens e mulheres

O Datafolha apurou que a aprovação a Bolsonaro é maior entre homens que entre mulheres:

Homens

  • Ótimo/bom: 38%
  • Regular: 33%
  • Ruim/péssimo: 26%
  • Não sabe: 3%

Mulheres

  • Ótimo/bom: 28%
  • Regular: 34%
  • Ruim/péssimo: 33%
  • Não sabe 5%

Faixas de renda

A aprovação do governo Bolsonaro (percentuais de ótimo/bom)por faixa de renda é a seguinte, de acordo com a pesquisa Datafolha:

  • Até dois salários mínimos: 26%
  • Mais de dois a cinco salários mínimos: 36%
  • Mais de cinco a dez salários mínimos: 43%
  • Mais de dez salários mínimos: 41%

Regiões

A pesquisa indica que Bolsonaro sofre a maior rejeição (percentuais de ruim/péssimo) é o Nordeste:

  • Nordeste: 39%
  • Sudeste: 30%
  • Sul: 22%
  • Centro-Oeste/Norte: 22%

As maiores taxas de aprovação (percentuais de ótimo/bom) de Bolsonaro estão nas regiões Sul (39%) e Centro-Oeste/Norte (38%).

Religião

Entre os segmentos religiosos, evangélicos são os que mais aprovam Bolsonaro: 42% consideram o governo ótimo ou bom. Entre os católicos, esse índice é de 27%.

O que fez pelo país

O Datafolha perguntou aos entrevistados se o que Jair Bolsonaro fez pelo país em três meses de mandato é mais ou menos do que se esperara. Os resultados são os seguintes:

  • Fez pelo país menos do que você esperava: 60%
  • Fez pelo país o que você esperava que fizesse: 22%
  • Fez pelo país mais do que você esperava: 13%
  • Não sabe: 4%
  • Outras respostas: 1%

Fonte: G1 -Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *