Cid Gomes pede licença do Senado

O senador Cid Gomes (PDT) pediu licença do Senado para “tratamento de interesses particulares”. Ele deixa o cargo na próxima segunda-feira, dia 5 de setembro. Quem assume a vaga é o segundo suplente Julinho Ventura Neto (PDT).

Essa é a segunda vez que Cid Gomes pede licença do mandato. Na primeira oportunidade, em dezembro de 2019, quem tomou posse por 120 dias foi o primeiro suplente, empresário Prisco Bezerra (PDT), irmão de Roberto Cláudio (PDT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.