60 prefeituras do Ceará não enviaram lista de taxistas para pagamento de auxílio, segundo deputado Danilo Forte

Começa a ser pago nesta terça-feira (16) o recém-criado Auxílio Taxista. Os motoristas cadastrados devem receber, neste primeiro momento, duas das seis parcelas do benefício, totalizando R$ 2 mil. Cerca de 245 mil motoristas já devem receber o valor, segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, mas pelo menos 300 mil cadastros já foram enviados pelas prefeituras, com alguns possuindo pendências. A pasta calcula que até 333 mil pessoas teriam direito ao benefício.

Aqueles que não receberem neste primeiro momento poderão ter seu cadastro regularizado até o dia 11 de setembro, recebendo os valores anteriores de forma retroativa. O segundo lote do pagamento está previsto para o dia 30. Os taxistas que quiseram consultar os valores devem fazê-lo através do aplicativo para smartphones “Caixa Tem”.

O Auxílio Taxista foi um dos benefícios criados pela chamada Proposta de Emenda à Constituição (PEC) das Bondades, aprovada pelo Congresso Nacional no mês passado. O relator do texto na Câmara, o deputado federal Danilo Forte (União), destacou a importância de os taxistas acompanharem o processo. “No Ceará, 60 prefeituras não enviaram as informações (ao Ministério do Trabalho) e vão prejudicar os taxistas desses municípios”, critica. O parlamentar afirma que os motoristas devem cobrar essa regularização junto aos órgãos locais.

Forte também lembra que não são todos os condutores de táxis que terão direito ao pagamento. “Aqueles que já estão aposentados ou recebem outros benefícios da Previdência Social não terão acesso”, destaca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.