Ex-prefeito de Russas e Juazeiro do Norte estão inelegíveis por irregularidades junto ao TCU

Nesta quarta-feira (10), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, recebeu a relação com os nomes de pessoas que tiveram as contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A entrega foi feita pelo ministro Bruno Dantas, no exercício da presidência do TCU, em reunião na sede do TSE, em Brasília.

A Lei da Ficha Limpa prevê a inelegibilidade de todo gestor público que tiver suas prestações de contas rejeitadas. Com isso, pelo menos 656 políticos cearenses estão impedidos de concorrer às eleições deste ano. São casos já transitados em julgado, em que não há mais possibilidade de recursos.

Um gestor público tem a conta julgada irregular pelo Tribunal de Contas da União quando comete: desfalque ou desvio de dinheiro, bens ou valores públicos; prática de ato de gestão considerado ilegal, ilegítimo ou antieconômico; prejuízo aos cofres públicos em casos de atos ilegítimos ou antieconômicos; e omissão no dever de prestação de contas.

Entre os listados, está o ex-prefeito de Russas, Raimundo Cordeiro de Freitas, que se lançou pré-candidato à Câmara dos Deputados pelo União Brasil. Outro nome é do ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PDT). Ele também pretendia disputar uma vaga na Câmara Federal após seu filho, Pedro Bezerra ter se tornado inelegível por oito anos.

Clique aqui para acessar a lista completa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.