Feminicídio: Duas irmãs são esfaqueadas até a morte em São João do Jaguaribe

São João do Jaguaribe, neste ano, foi apontado como o município mais violento do Brasil, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Com população estimada em cerca de 7.500 habitantes, a cidade registrou taxa média de 224 mortes violentas por 100 mil habitantes entre 2019 e 2021. Os crimes em São João do Jaguaribe são constantes e, na madrugada desta segunda-feira (8), duas mulheres foram mortas no município.

De acordo com a Polícia Militar, as vítimas são duas irmãs, identificadas pelo nome de Simone e Neide, que foram mortas a facadas. Elas estavam em casa, quando foram surpreendidas por um ex-companheiro de uma delas. Conforme um dos filhos, ele estava dentro da residência e escutou gritos. Ao sair, o familiar visualizou mãe e tia caídas, além do acusado correndo do local.

As vítimas foram socorridas até o hospital da cidade, mas não resistiram aos ferimentos e morreram antes de chegar na unidade hospitalar. O acusado, até o fechamento da edição desta matéria, não foi localizado. Segundo o filho de uma das vítimas, sua mãe tinha um relacionamento conturbado com o suspeito do crime. Ele não aceitava o término da relação. A partir das informações dos familiares, a Polícia Civil investigará o caso como feminicídio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.