PT oficializa chapa Lula-Alckmin em convenção nacional

O PT e a federação partidária Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV) oficializaram, na manhã desta quinta-feira (21), em um hotel no Centro da capital paulista, a candidatura do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva para concorrer às eleições presidenciais deste ano. Também foi formalizada a participação do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin como vice-presidente, na chapa que concorrerá a uma vaga no Planalto neste ano. Os dois não estiveram no evento, porque estavam cumprindo agenda em Pernambuco.

Aprovamos nossa coligação de sete partidos e também delegamos à Executiva Nacional da federação poderes para discussão com outros partidos que possam querer integrar nossa coligação”, disse a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann. Segundo ela, no encontro, também foram discutidas a conjuntura política atual do país e a importância da construção de uma unidade no campo político que o grupo representa. “E óbvio que tiramos como meta a ampliação desse movimento político. O momento que vivemos no país é muito difícil e essa não é uma eleição normal como as outras. Esta eleição traz elementos duros para a democracia brasileira.”

Eleito duas vezes, Lula está pela sétima vez na disputa pelo cargo. Ninguém concorreu a tantas eleições presidenciais desde o fim da República Velha (1889-1930). Ex-rival do petista, Alckmin já concorreu duas vezes à Presidência, em 2006 e em 2018.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.