Pesquisa Vox Populi: Capitão Wagner tem 39%; e Roberto Cláudio, 37%; Izolda Cela aparece com 28%

Divulgada nesta sexta-feira (15), pesquisa do Instituto Vox Populi, mostra o deputado Capitão Wagner (União Brasil) com 39% das intenções de voto, à frente do ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT), com 37%. Os dois estão empatados dentro da margem de erro. Contra Izolda Cela (PDT), Wagner aparece com 48%, enquanto a atual governadora tem 28%.

No voto espontâneo, quando o entrevistado é instado a citar um nome sem a apresentação de uma lista prévia, Wagner soma 11%. Santana, que não é candidato, aparece com 6%. Cela tem 5% e Cláudio, 3%.

A pesquisa também simulou candidatura própria do PT no Ceará, com os três deputados federais. Com o apoio de Lula, José Airton Cirilo e Luizianne Lins estão empatados com 39% das intenções de voto, enquanto José Guimarães aparece com 36%.

Quando Lula não é mencionado, os petistas ficam atrás de Capitão Wagner e Roberto Cláudio, sendo Luizianne com 19%, José Airton com 10% e José Guimarães com 8%.

Senado

Se a eleição fosse hoje, o ex-governador Camilo Santana (PT) ganharia vaga no Senado Federal. Ele teria 68% dos votos. O Pastor Paixão (PTB), é o preferido de 4%. José Alberto Bardawill (PL) tem 3% , enquanto Marcelo Mendes (Avante) aparece com 1%. Brancos e nulos chegam a 16%. Outros 7% não souberam responder.

Presidência

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera, com 56%. Ele é seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que tem 21%, enquanto Ciro Gomes (PDT), aparece com 13%. André Janones (Avante) é citado por 2% dos entrevistados. Simone Tebet (MDB) tem 1%. Felipe D’Ávila (Novo) não pontuou. Brancos e nulos somam 5%. Outros 7% não souberam ou não quiseram responder.

No voto espontâneo, sem a apresentação ao entrevistado de uma lista prévia de candidatos, o petista é citado por 47%. Bolsonaro tem 19% e Ciro Gomes, 5%. Os demais candidatos somam, juntos, 1%. Brancos e nulos chegam a 6%, enquanto 2% não souberam ou não quiseram responder.

Metodologia

O levantamento ouviu 1.304 eleitores cearenses, em 76 municípios, entre os dias 10 e 13 de julho. A margem de erro é de 2,7%, para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) , sob protocolos CE-07608/2022 e BR-02426/2022.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.