Varíola dos macacos é confirmada em Russas; segundo caso no Ceará

No Ceará, o segundo caso de Monkeypox, doença conhecida como varíola dos macacos, foi confirmado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Trata-se de um paciente do sexo masculino, de 43 anos, que mora no município de Russas, na região do Vale do Jaguaribe.

O primeiro caso da doença no estado foi registrado no dia 29 de junho, quando um paciente de 35 anos, que é morador de Fortaleza, foi confirmado com a varíola.

Conforme a Sesa, até o momento, 18 casos foram notificados no Ceará. Deste total, oito foram descartados após exames. Outros oito suspeitos seguem em investigação.

Leia nota oficial da Prefeitura Municipal de Russas:

A Prefeitura de Russas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, torna público que foi confirmado neste sábado (02 de Julho) no município, o primeiro caso de Monkeypox (varíola dos macacos) após resultado do teste clínico realizado pelo Laboratório Central do Governo do Ceará (LACEN) ter positivado.

O paciente do sexo masculino, de 43 anos, residente em Russas, foi orientado a permanecer em isolamento domiciliar desde o dia 21/06/2022. Equipes da Saúde da Família e da Vigilância Sanitária estão monitorando o cumprimento de todos os protocolos sanitários necessários com o paciente contaminado.

Esclarecemos que não há perigo iminente de surto da varíola dos macacos no Brasil, diferente das doenças respiratórias como Covid-19. O vírus da Monkeypox é transmitido principalmente por meio do contato físico com a pessoa contaminada, sendo orientado o uso de máscara e isolamento social durante o tratamento. A Prefeitura de Russas reafirma seu compromisso na vigilância de doenças e agravos que possam acometer a saúde individual ou coletiva de todos os russanos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.