Quixadaense de 14 anos morre na UPA horas após dar entrada com dores lombares

Um adolescente de 14 anos morreu na tarde desta terça-feira (14), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Quixadá, no Sertão Central. Pedro Luan da Silva Lima, morador da localidade de Fazenda Floresta, Distrito de Daniel de Queiroz, deu entrada na UPA do município com dores lombares.

Segundo informações da mãe, Alyne Basílio da Silva, em entrevista ao repórter Washington Luiz – Caveirão, da Rádio Meio Norte FM, o adolescente, após alegar dores, tomou duas injeções e foi liberado sem realizar qualquer exame. Pedro Luan, no entanto, teve uma piora e novamente foi levado para UPA. “Passaram outro medicamento e ele se intoxicou, ficou todo roxinho, todo pálido”, diz ela.

Ainda conforme Alyne Basílio, Pedro Luan foi intubado depois de ter o quadro de saúde agravado, mas acabou não resistindo e teve óbito confirmado durante a tarde. Na avaliação dela, o filho foi vítima de “medicamentos errados”, que teriam levado a morte do garoto.

Nas redes sociais, centenas de quixadaenses apontaram uma possível negligência médica e denunciaram o descaso da saúde na gestão do prefeito Ricardo Silveira (PSD). “Está cada vez mais difícil ser quixadaense”, disse uma internauta. “Justiça por Luan”, pediu outro. “A saúde estar deixando a desejar aqui em Quixadá”, diz uma moradora. “O descaso só aumenta nessa cidade”, lamenta um morador.

Por meio de nota, a Prefeitura de Quixadá lamentou o fato. “Nos solidarizamos e estamos prestando apoio a família enlutada neste momento de dor”, diz. O corpo de Luan foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames. O caso deverá ser investigado pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá.

Confira o vídeo:

Deixe um comentário

Conectado como 88b533c0bad84122f5bb49296e227605Sair? 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.