João Doria desiste de pré-candidatura à Presidência

No início da tarde desta segunda-feira (23), o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou a desistência de sua pré-candidatura à Presidência. O tucano enfrentava resistências internas no partido. Líderes da sigla queriam a retirada do nome de Doria da corrida ao Planalto para que a sigla componha uma candidatura única da chamada terceira via.

“Entendo que não sou o candidato da cúpula do PSDB, e aceito. Sempre busquei e continuarei buscando o consenso, ainda que ele seja contrário a mim. Saio de coração ferido e de alma leve”, disse Doria, em discurso ao lado de sua esposa Bia Doria e do presidente nacional Bruno Araújo.

O anúncio de João Doria ocorre após o PSDB, junto com o MDB e o Cidadania definirem em conjunto que devem apoiar Simone Tebet (MDB) para a eleição presidencial. Em encontro nesta segunda-feira, a cúpula tucana reformou o pedido para o tucano retirar a pré-candidatura para consolidar o nome da senadora como candidata da terceira via.

Confira o pronunciamento:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.