Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, pede demissão do cargo

Ricardo Salles, Ministro do Meio Ambiente, pediu demissão na tarde desta quarta, 23, ao presidente Jair Bolsonaro. Em uma edição extra do Diário Oficial da União, a exoneração de Salles foi oficializada. Em seu lugar, Joaquim Pereira Leite, secretário da Amazônia e Serviços Ambientais, foi indicado pelo presidente para o cargo na pasta.

A gestão de Salles foi marcada por controvérsias no âmbito do enfrentamento a questões relacionadas ao desmatamento e grilagem de terra. Em quase três anos de pasta, nenhuma ação efusiva na preservação da biodiversidade foi construída, o que gerou inúmeras críticas. Não foram fortalecidas as ações de proteção das florestas e matas nativas, ademais, foi sob a chancela de Ricardo que cenas lamentáveis, como os gigantescos incêndios que devastaram o Pantanal, rodaram o mundo.

O pedido de demissão surge em meio a uma turbulência na vida do ex-ministro e de sua então pasta. Salles é alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal por Operações da PF que investigam suposto favorecimento a empresários madeireiros. O ministro teve sua casa vasculhada pela Polícia e quebra de sigilos autorizada pelo STF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *