Em culto, presidente Bolsonaro confirma que indicará um evangélico ao STF

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou na última sexta-feira, 18, em Belém, no estado Pará, de um culto em comemoração ao 110º aniversário da Assembleia de Deus no Brasil. Em sua participação, o mandatário reafirmou sua intenção de indicar uma pessoa evangélica ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal, STF.

O advogado-geral da União, André Mendonça, um dos mais cotados para a vaga e evangélico, acompanhou o presidente e assistiu ao discurso da plateia. Ele é pastor da Igreja Presbiteriana. Fiz um compromisso há 4 anos com os evangélicos do Brasil. Nós indicaremos um evangélico para que o Senado aceite o seu nome e o encaminhe para o Supremo Tribunal Federal um irmão nosso em Cristo”, afirmou Bolsonaro. A vaga a ser aberta na corte mais alta do país é a do ministro Marco Aurélio Mello, que se aposentará em 12 de julho. O presidente deverá fazer sua indicação já nesse mês.

Bolsonaro também voltou a criticar medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos para conter a pandemia da covid-19. “Sempre defendi a vida. Deveríamos preservar os mais idosos e os com comorbidades. E os mais deveríamos trabalhar”, disse Jair para a plateia de evangélicos que acompanhou o momento.

A fala do presidente está disponível no vídeo abaixo, no trecho entre 19 minutos e 30 minutos:

Com informações de portal Poder360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *