Mulher é morta em Jaguaruana. Assassinatos de mulheres disparam no Vale do Jaguaribe

Em Jaguaruana, no Vale do Jaguaribe, mais uma mulher teve sua vida ceifada. Por volta das 20:20h desta quarta-feira, 2, o destacamento da Polícia Militar de Jaguaruana foi acionado via ligação telefônica para o 190. Segundo a denuncia, disparos de arma de fogo teriam sido feitos e ouvidos por populares na rua João Francisco Rodrigues, no bairro tabuleiro. Os policiais, ao chegarem no local indicado, identificaram o crime cometido.

O corpo de uma mulher foi encontrado em estado quase terminal. A vítima foi identificada como NAYARA KELLY SILVA OLIVEIRA, de 26 anos, natural de Russas. Kelly havia sofrido ao menos 7 disparos e foi socorrida logo após, porém não resistiu a gravidade dos ferimentos e progrediu a óbito já no hospital.

Informações colhidas dão conta de que dois indivíduos, em uma motocicleta, efetuaram os disparos contra a vítima e se fugiram do local. A polícia investiga o caso caracterizado como feminicídio.

Já destacamos, nas últimas semanas, ao menos três casos parecidos de violência contra mulheres na região jaguaribana. Todas com requinte de crueldade, com variação de uso de armas brancas e de fogo. Segundo a Rede Observatórios da Segurança, no Ceará, apenas em 2021, cerca de 72 casos de feminicídio, entre os consumados e as tentativas, foram registrados. O número distoa muito do que confirma a Secretaria de Segurança Pública, que contabiliza 6. Segundo a Rede, que capta dados diretamente dos sistemas da Polícia Civil e de órgãos nacionais, na região do Vale são ao menos 6 casos entre janeiro e abril do corrente ano. É válido lembrar que as vítimas de violência doméstica ou contra a mulher tem um número direto para as delegacias da mulher, o 180. Ligue e denuncie!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *