Quixeramobim e Quixadá representam mais de 20% do total de óbitos de Covid do Sertão Central

Apesar de ser uma macrorregião imensa no Ceará, com mais de 20 cidades e cerca de meio milhão de habitantes, o Sertão Central tem hoje duas cidades que representam um descontrole no combate a pandemia do novo Coronavírus: Quixadá e Quixeramobim. Enquanto a primeira não consegue controlar a transmissão e chega aos quase 8.000 casos da doença, perto dos 10% de sua população total, Quixeramobim é o município da região com o maior número de óbitos confirmados.

Ao todo, no Sertão Central, de acordo com o IntegraSUS, cerca de 1173 mortes foram confirmadas como decorrentes da Covid-19. Desse total, mais de 20% se concentram apenas nas cidades citadas. Quixadá tem hoje mais de 160 óbitos, sendo que desses, mais de 40 foram apenas no último mês de maio, mais letal da pandemia. Em Quixeramobim, o número de mortes é ainda mais devastador: 190, com o adendo que, além desses confirmados, existem ainda outros 15 óbitos em investigação se foram decorrentes da doença viral, ou seja, o total pode passar dos 210; o município é um dos com maior letalidade no Ceará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *