Quixeré: prefeito promove aglomeração para anunciar lockdown. Veja a fala do gestor

O prefeito de Quixeré, no Vale do Jaguaribe, Antônio Joaquim Gonçalves de Oliveira, o ‘Toinho do Banco’, se reuniu, nessa segunda-feira, 26, com os vereadores na Câmara Municipal para tratar da situação epidemiológica do município. A reunião, que foi presencial e causou aglomeração com dezenas de pessoas no prédio, entre vereadores, assessores, secretários e imprensa, foi justamente para tratar da criação de um decreto que estabelecesse lockdown municipal. A decisão foi pela instauração do decreto, que foi anunciado a pouco pela gestão pública. A discussão, de forma presencial e tumultuada, chamou atenção de internautas que questionaram a necessidade daquele encontro que trataria justamente sobre a suspenção de atividades que causassem aglomeração do tipo. O decreto de isolamentos social rígido tem validade inicial de 7 dias.

Veja a fala de Toinho:

 

O município de Quixeré recebeu, segundo apurado, por volta de R$7 milhões do governo federal somente no ano passado para o combate a pandemia. O atual gestor da cidade, Toinho, era secretário de finanças na gestão do ex-prefeito Bessa. Hoje, no embate na Câmara, parlamentares indagaram o que o prefeito fez, enquanto gestor da pasta, com a verba recebida; o prefeito respondeu que, dentre os investimentos, foi adquirida uma ambulância e foram abertos cerca de 10 leitos no hospital, além da contratação de uma clínica para a realização de exames e testagem de Covid, bem como o pagamento de pessoas contratadas para trabalhar na prevenção, orientação e combate a disseminação do vírus.

Quixeré é mais uma das cidades do Vale do Jaguaribe que passam por uma grave situação no enfrentamento a pandemia do novo Coronavírus. A decisão pelo isolamento social rígido vem após uma crescente expressiva no número de casos suspeitos na cidade, que segundo dados divulgados pelo boletim desatualizado da prefeitura do último dia 23, já somavam mais de 255, tendo ainda outros 25 óbitos. Existem informações extraoficias que, entre sexta-feira, data do boletim, e hoje, segunda, cerca de 9 novos óbitos foram registrados na cidade. Os dados ainda seriam atualizados no portal de transparência do governo, o IntegraSUS. Em todo o Vale do Jaguaribe a situação é de tensão, com o número de casos que não estabilizou e o de transmissão, que segue em alta.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *