Dois prefeitos da região jaguaribana testam positivo para Covid-19. Há menos de um mês, gestor de Palhano havia falecido da doença

Há pouco menos de um mês, por volta do dia 3 de abril, noticiamos por esse matéria a repentina partida do prefeito Ivanildo Nunes da Silva, o Dinho Nunes, do município de Palhano, na região do Vale do Jaguaribe. Dinho foi vítima da Covid-19. O gestor estava internado no Hospital Regional do Sertão Central quando não resistiu as complicações da infecção. O vice prefeito da cidade, Chico do Joaquinzinho assume a prefeitura. Hoje, segunda-feira, 19, Chico também está acometido pela doença. Em fala ao radialista Luis Lopes, o gestor de Palhano contou qual é seu estado de saúde. O prefeito fez o exame de Swab na segunda-feira passada e recebeu o resultado positivo na quinta. Chico disse que se encontra assintomático e que já passou por avaliação médica; não houve prescrição de medicamentos. Indagado pelo radialista se tem alguma comorbidade, o prefeito informou que tem alterações na pressão arterial e que já tratou de um câncer, por isso os cuidados mais especiais, com exames semanais, inclusive. Chico do Joaquinzinho informou que a situação em Palhano é grave, como na maior parte das cidades do país, e que segue o decreto do governo estadual.

Outro prefeito da região que foi diagnosticado com a doença foi Wanderley Nogueira, de Morada Nova. O quadro de saúde do gestor é estável. Morada Nova também foi notícia aqui pelo alto índice de internações decorrentes do novo Coronavírus. A cidade conta com uma Unidade de Pronto Atendimento 24h inaugurada em agosto do ano passado que recebe os diagnosticados com a infecção.

Em janeiro, o prefeito eleito de Ereré, Otoni Queiroz, havia falecido vítima da doença. Otoni não chegou a assumir a prefeitura, pois estava internado desde de dezembro de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.