“O problema dele é psiquiátrico” diz Tasso sobre Bolsonaro

O ex-governador do Ceará e atual Senador da República, Tasso Jereissati, concedeu entrevista ao programa Manhattan Connection. O tucano declarou ser inicialmente contra o impeachment, mas que agora perdeu “qualquer esperança de regeneração” do presidente. “Tenho até dúvidas sobre o seu equilíbrio mental”, disse. Jereissati se mostra “desacreditado” sobre uma possível mudança do presidente Jair Bolsonaro com relação às ações que vêm tomado para combater a pandemia. “Por que o impeachment traz tantas dúvidas? O nosso objetivo maior é evitar que esse número de mortos cresça. Só quem estava tomando alguma iniciativa correta era o Congresso Nacional e os governadores”, complementou. Segundo ele, o presidente e o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, “só atrapalhavam”. Na mesma linha, não poupou críticas também ao ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Tasso, porém, elogiou a postura do atual ministro da saúde afirmando que há outra postura, outro tom de diálogo com o Congresso e com os governadores e prefeitos. “Mesmo com essas mudanças, o presidente Bolsonaro “não tem jeito”. E continuou: “O problema dele é médico, é psiquiátrico. Não é um problema político. Se continuar, vamos ter que apelar para essa instância” disse o senador de 72 anos se referindo ao Impeachment.

Via: Focus.jor

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *