VÍDEO: aglomeração em centro de triagem, em Limoeiro do Norte, escancara falta da UPA

Imagens que circulam nas redes sociais chocam todo o estado sobre a situação vivida pela população em Limoeiro do Norte, no Vale do Jaguaribe. Em plena onda avassaladora da pandemia do Coronavírus, onde o Ceará está recém saído de um período de lockdown que tentou conter a disseminação do vírus, dezenas de pessoas fazem, involuntariamente, aquilo que os cientistas e autoridades jamais recomendam na situação: aglomerar. Mas engana-se quem pensa que essa culpa cabe aos munícipes; na verdade, as imagens das pessoas na fila, quase amontoadas, foram feitas no Centro de Triagem da cidade, local onde são feitas as testagens da Covid-19 e tratamento.

Dezenas de pessoas que se encontram com sintomas do novo Covid-19 se deslocam para área, que fica em instalações do antigo hospital municipal. Como o centro não funciona nos fins de semana, na segunda-feira, 11, a fila surpreendeu, como mostram as imagens. Detalhe: nem todos os que vão fazer o teste ou tem sintomas necessariamente tem a doença, porém se encontram sujeitos, dada a aglomeração, a ficar em um ambiente apertado, mal ventilado, com outras pessoas que podem ter o vírus. Todo esse problema poderia ser resolvido se o período de funcionamento do Centro se estendesse pelo fim de semana e o local fosse melhor pensado.

UPA INACABADA

Limoeiro conta com uma Unidade de pronto Atendimento 24h que está inacabada. A UPA da Cidade Alta teve sua construção iniciada ainda na gestão do ex-prefeito João Dilmar da Silva, que encerrou seu mandato em 2012. Paulo Duarte deu prosseguimento a obra, porém não conseguiu concluí-la. O atual prefeito, José Maria Lucena, reeleito ano passado, não continuou a obra e populares questionam o motivo. O vereador Marduque Duarte argumenta que o prefeito poderia ter repassado para a conclusão da obra parte dos valores recebidos ainda ano passado, pelo Governo Federal, para o combate a pandemia. Algo parecido aconteceu em Morada Nova, onde o prefeito Wanderley Nogueira destinou para finalização da UPA da cidade parte das verbas recebidas.

Se a UPA da cidade alta estivesse pronta, poderia ser utilizada como centro de tratamento próprio para a Covid, deixando as demais unidades de saúde desafogadas e abertas para outras situações, como emergências. Além disso, imagens como a do vídeo não precisariam mais acontecer. Basta que a prefeitura conclua o que já foi iniciado. Limoeiro encontra-se em uma situação delicada onde números de infectados e internados é crescente, e as aglomerações, como visto, ocorrem até mesmo dentro de locais públicos com altíssima taxa de transmissão.

VEJA AGORA O CHOCANTE VÍDEO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.