Mães de pessoas atendidas pela APAPEQ denunciam possível demissão de profissionais de saúde que atuam na associação

Uma mãe de uma criança atendida pela Associação de Pais e Amigos de Pessoas Especiais de Quixadá- (Apapeq), participou da edição de hoje (06) do Programa Jornal do Ceará na Meio Norte FM de Quixadá e se demonstrou preocupada, pois segundo ela, circulam nos grupos de WhatsApp  dos pais a informação de que a Prefeitura de Quixadá havia demitido os profissionais da área da saúde que atuam na associação.

“A gente tem um grupo no WhatsApp onde a gente obtém as informações dos tratamentos e dos atendimentos dos nossos filhos que são especiais, e hoje o assunto foi que o prefeito, Dr. Ricardo Silveira, estaria demitindo o pessoal da saúde”, comentou Tânia, moradora do bairro Campo Novo e mãe de filho autista.

Logo que a denúncia foi ao ar, várias outras pessoas se manifestaram em apoio aos profissionais de saúde e em defesa da APAPEQ. 

A Prefeitura e a Associação ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Ouça o áudio com a participação da mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *