Tradição: Encontro dos Profetas da Chuva de Quixadá será realizado no dia 23 de janeiro

O tradicional Encontro dos Profetas da Chuva de Quixadá, aguardado com bastante expectativa pelo homem do campo, sofreu uma alteração neste ano atípico em decorrência da pandemia do novo coronavírus. A tradição estabelece, inclusive por meio de lei municipal, que o encontro deve ser realizado no segundo sábado de janeiro, mas a 25ª edição do evento ganhou uma nova data.

De acordo com o profeta Helder Cortez, um dos idealizadores do encontro realizado em parceria com a Prefeitura de Quixadá, a nova data foi um pedido da atual gestão para que o município e o Instituto de Violas e Poesia do Sertão Central, possam garantir todo o protocolo de segurança tanto para os profetas e envolvidos na organização quanto para o público restrito que vai acompanhar o encontro presencialmente.

A alternativa foi sugerida pela Secretaria Municipal de Cultura e pelo prefeito Ricardo Silveira (PSD) para garantir que a tradição seja mantida. “Pode ser um ano diferenciado, mas ele [o evento] vai existir, e vai ser feito respeitando todas as proteções e orientações dos decretos vigentes no nosso Estado e Município”, disse o profeta.

O Encontro dos Profetas da Chuva de Quixadá é referência para o homem do campo no que tange as previsões para o inverno no sertão cearense. O encontro serviu como referência para a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará e o Governo do Estado criarem uma lei para estabelecer o dia oficial do encontro dos profetas da chuva para o segundo sábado do mês de janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *