Pastor Davi Góes se diz vítima de fake news sobre vacina contra COVID-19

O pastor Davi Góes, do Ministério Canaã da Assembleia de Deus, em Fortaleza, falou em entrevista sobre a repercussão de sua fala acerca da vacina chinesa contra a covid-19.

O pastor defende que um trecho de seu discurso em um culto e editaram para quatro minutos, tirando a fala de contexto. Para contextualizar, ele disse que estava explicando que cientistas renomados de diferentes países suspeitam da eficácia da vacina, e que também acreditam em malefícios futuros que ela pode trazer para quem a tomar.

“Eu assisti a um vídeo de uma autor chamado Lamartine Posella, em que ele fala do vídeo de um cientista francês, e ele fala da seriedade da vacina, pois ela irá mudar o DNA e o RNA. E que o vírus do HIV também estará dentro dessa vacina, e trará doenças irreversíveis, como o câncer. Então não foi eu quem disse isso aí”, esclareceu Davi Góes.

“O vídeo que circula na internet foi cortado, editado e maldosamente publicado. Eu não fiz fake news, como as matérias estão decarou. Alguém editou quatro minutos de uma mensagem de uma hora e meia e postou isso como fake news”, declarou o pastor. Davi Góes declarou que está esperando a aprovação da vacina pela Anvisa e pelo Ministério da Saúde.

“Eu sou totalmente a favor da vacina. Agora eu acho que eu tenho o direito de decidir que tipo de vacina eu vou tomar. Já que o país está vendo quatro tipos de vacina, eu posso optar. Olha, eu não quero essa vacina aqui. Porque eu estou vendo alguns estudos me falando dos perigos dela”, disse.

(Com informações do CN7)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *