Advogado fala da cassação de Roberto da Viúva e aponta tendência para novas eleição em Jaguaruana

Um dos advogados mais conceituados do ramo do direito eleitoral do Nordeste, Fernando da Escócia, comentou sobre a situação política delicada do município de Jaguaruana, no Vale do Jaguaribe, nesta segunda-feira (7).

Para o advogado, a situação do prefeito eleito democraticamente no dia 15 de novembro, Roberto da Viúva (PDT), é complicada, tendo em vista que enquanto Roberto esteve como secretário municipal, teve contas irregulares desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Fernando relembrou todo o histórico de pedido de indeferimento do registro de candidatura de Roberto da Viúva, que foi deferido em primeira instância, e posteriormente, indeferido em segunda instância pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

O advogado comenta que somente caso Roberto da Viúva consiga uma limitar com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a última instância da justiça brasileira, ele poderia ser diplomado e empossado. Para o profissional de direito, este caso é pouco provável de acontecer, apontando ainda que o município de Jaguaruana deve passar por nova eleição majoritária, já que a vice-prefeita eleita, Flávia Façanha (PSB), também enfrenta ações na justiça que pedem o indeferimento do registro de sua candidatura. Atualmente, a situação da vice-prefeita encontra-se em grau de recurso no TRE, e seu caso deve ser julgado nos próximos dias.

Fernando da Escócia comenta que pelo menos cinco municípios cearenses devem passar por novas eleições, como em Martinópolis e Senador Sá, além de Jaguaruana, onde Roberto da Viúva enfrenta uma situação delicada para validar o pleito. Assista a entrevista completa abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *