Ceará: Cinco suplentes assumem vagas de deputado estadual após eleições 2020

Em todo o Estado do Ceará, cinco suplentes vão assumir assentos na Assembleia Legislativa após as eleições municipais de 2020.

As mudanças, após o segundo turno, totalizam cinco substituições. Na capital Fortaleza, o então presidente da AL, José Sarto (PDT), venceu o pleito e vai assumir a prefeitura da capital a partir de janeiro de 2021. Sua vaga de deputado estadual fica para Manoel Duca, também do PDT.

Em Caucaia, onde também houve segundo turno, Vitor Valim (PROS) derrotou o então prefeito Naumi Amorim (PSD), e com isso, deixou outra vaga na AL, que vai ser ocupada por Tony Brito (PROS).

Durante o primeiro turno, três deputados foram eleitos em todo o Estado para comandar Prefeituras. Na Região Metropolitana de Fortaleza, Bruno Gonçalves venceu a eleição majoritária em Aquiraz e Gordim Araújo, do Patriota, assume sua vaga na AL. Ainda na RMF, no município de Horizonte, onde o então deputado Nezinho Farias (PDT) vai assumir o comando da Prefeitura a partir de 2021, mais um assento ficou livre na AL, e a vaga deixada por ele fica para Lucílvio Girão (PP).

No interior, Patrícia Aguiar (PSD) vai assumir a Prefeitura de Tauá, e sua vaga na Assembleia Legislativa vai ser ocupada por Davi de Raimundão, do MDB. Ao todo, as substituições na AL correspondem a aproximadamente 10% do quadro de deputados estaduais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *