Quixadá: Votação é paralisada em seção após eleitor ser flagrado filmando voto na urna

A votação na seção 006, na escola Terra dos Monólitos, antigo Adolfo Siqueira, foi interrompida após um eleitor ser flagrado filmando o voto na urna. A escola fica localizada no Centro de Quixadá.

Quem registrar o voto com máquinas fotográficas, filmadoras, e telefones celulares poderá ser multado em até R$ 15 mil e até mesmo ser preso. A lei visa preservar o sigilo do voto, e caso esse sigilo seja quebrado, o eleitor pode ser detido por até 2 anos.

De acordo com informações apuradas por outros eleitores que estavam na fila, a presidente da seção convocou os membros do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para avaliar a situação, enquanto isso, a votação na seção foi paralisada. O eleitor flagrando filmando a urna saiu do local correndo.

A interrupção durou aproximadamente dez minutos, quando a presidente da sessão resolveu retomar a votação, já que a fila estava grande. Três seções funcionam na escola Terra dos Monólitos, a 004, 005 e 006.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.