Trabalhadores terceirizados paralisam obras da estrada do Bixopá e alegam atraso de dois meses de salários

Trabalhadores terceirizados resolveram paralisar o andamento das obras da estrada do Bixopá. A via de 16km que liga a BR-116 a sede do distrito de Bixopá, está recebendo asfalto após ser estadualizada, porém, boa parte do trajeto continua vicinal, ou seja, estrada de terra.

Em vídeo gravado por trabalhadores e moradores da região, é possível analisar os veículos que deveriam estar trabalhando na obra, estão parados. Os terceirizados alegam que estão há dois meses e dez dias sem receber salários. Os trabalhadores reclamam também da falta de sinalização que deveria acompanhar o andamento das obras. Um deles relata que nos últimos dias foi registrado um acidente, devido a falta de sinalização aos motoristas sobre obras na via.

A obra foi prometida pelo governador Camilo Santana em 2015, mas o início se deu apenas em junho de 2020. A nova estrada do Bixopá vai facilitar o acesso à a maior zona de produção agrícola do município, proporcionando assim o acesso para negócios e o escoamento da produção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.