Fim do monopólio nas transmissões de eventos esportivos?

O que é visto nos últimos dias são mudanças nos direitos de muitos eventos esportivos.

O suprassumo do momento é o SBT, que adquiriu os direitos de transmissão da taça Libertadores da América e busca fechar com a F1.
A Band depois de muitos anos na geladeira anuncia o campeonato russo, italiano e alemão.

O que poderia estar acontecendo com a Globo que desistiu de transmitir tantos eventos? Será o fim do monopólio? Segundo a emissora, a crise da pandemia e a alta do dólar foram fatores primordiais para isso. A F1 não dá mais audiência como antes e é cara.

O que podemos verificar é que principalmente o SBT está, na minha opinião, arriscando de todas as formas, pois não tem sequer equipe esportiva. Dinheiro com certeza vai ter, principalmente do Governo Federal, já que o ministro das Comunicações é genro de Silvio Santos.

Alcançar o primeiro lugar é difícil. Talvez numa final entre brasileiros na libertadores. Na F1 não tem jeito, qualquer jogo de botão na Globo ganhará sendo apenas para manter a tradição, pois ainda não é certo o GP BRASIL em 2021.

E aí o que vocês acham do assunto?
Comentem.

Esporte é Saúde
Esporte é vida
Pratique esporte

 

Kaká Torres é empresário e escreve para a coluna De trivela.

Patrocínio:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *