Ex-presidente da OAB Ceará é investigado por participar de esquema de fraude na merenda escolar do Distrito Federal

A Polícia Civil do Distrito Federal, deflagrou, nessa quarta-feira (9), uma operação que apura suposto esquema criminoso de favorecimento de empresas em contratos de merenda escolar no Distrito Federal. Entre os investigados está o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Ceará, Valdetário Monteiro, que foi Chefe da Casa Civil.

A operação, que teve 26 mandatos de busca e apreensão realizados, também mira o ex-secretário de Educação do DF, João Pedro Ferraz.

De acordo com a Polícia Civil, o caso trata-se de um “possível conluio de grandes empresários do ramo alimentício para fraudar o caráter competitivo de licitações referentes à alimentação escolar”, assim como “irregularidades na contratação de produção de videoaulas”.

Os agentes de segurança deflagraram a operação Self-Service e a segunda fase da operação Fames, que são coordenadas pela Divisão Especial de Repressão à Corrupção da (Cecor), em conjunto com o Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) e a Controladoria-Geral da União. Além de Brasília, os estados de São Paulo e Piauí foram alvos da ação policial.

O ex-presidente da OAB-CE se pronunciou sobre o caso através de nota, onde disse que prefere aguardar o andamento das investigações para falar sobre o caso. “Aguardamos o conhecimento do conteúdo do eventual inquérito em andamento para compreensão dos fatos e futura apresentação de informações. Seguimos assim, certos e confiantes na Justiça e no hercúleo trabalho desenvolvido na Casa Civil”, disse Valdetário Monteiro.

Foto de capa: Policia Civil/DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *