Veja: Secretário de Cultura, Esporte e Juventude de Quixadá mostra documentos encontrados no prédio da antiga RFFSA

Dois jovens da equipe da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude de Quixadá têm se dedicado a história dos prédios da antiga Rede Ferroviária Federal (RFFSA). A historiadora Luana Martins e o coordenador da Instituição, Carlos Clayton, buscam e catalogam documentos encontrados no galpão da estação de trem, que foi totalmente recuperado pela Prefeitura Municipal.

A atual gestão municipal vem cuidando do antigo prédio da RFFSA desde que assumiu a Prefeitura, em 2017 e, durante trabalho de restauração do galpão e também da estação, a equipe da Fundação Cultural encontrou documentos que contam um pouco da história do prédio e do trabalho realizado pela equipe da Rede Ferroviária Federal.

O secretário de Cultura, Esporte e Juventude, Audênio Moraes, gravou vídeo e mostra o material encontrado por sua equipe. Ele destacou que os documentos estavas abandonados. “Revirando as coisas lá na estação do trem, nós encontramos essa preciosidade, um material histórico extraordinário da vida e do trabalho das pessoas que faziam a história da estação do trem aqui em Quixadá, da RFFSA. Aqui é o arquivo da RFFSA que estava lá abandonado”, comentou.

Entre os documentos achados estão mapas de ferrovias, prestações de contas e plantas antigas das casas da RFFSA.

Ainda no vídeo, Audênio Moraes informou que depois de catalogado, o material deve ser enviado para o arquivo municipal, onde poderá ser usado como fonte de pesquisas. nós pegamos este material entregamos a nossa equipe aqui da Fundação Cultural, o Claytinho e a Luana e estamos, agora, organizando, preparando e fazendo a catalogação desse material que será ao nosso arquivo municipal para pesquisa e também para você poder conhecer a história de Quixadá através do trem”, disse o secretário.

O trabalho de restauração do que foi encontrado deve durar três meses.

Veja vídeo em que Audênio Moraes mostra e fala sobre material encontrado:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *