Vale do sangue: Número de homicídios em seis meses de 2020 supera todo o ano de 2019 na região jaguaribana

O Vale do Jaguaribe registou aumento de mortes por homicídios nos seis primeiros meses do ano. E o que é mais sério é que janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho de 2020 foram mais violentos do que todo o 2019 para este tipo de crime. Este ano já foram 146 assassinatos, enquanto até o fim de dezembro de 2019 foram notificados 135 em toda a região.

Os municípios de Limoeiro do Norte, Russas, Morada Nova e Tabuleiro do Norte são os mais violentos, sendo os que mais pessoas foram assassinadas. Enquanto no ano passado foram 61 homicídios, de janeiro a junho deste ano já foram 75 mortes violentas nos quatro municípios, ou seja, o correspondente a 51,3% do total de 2020.

Em 2019, de acordo com dados dos órgãos de segurança do estado, a região do Vale do Jaguaribe registrou 135 homicídios. Morada Nova foi considera o município mais violento para este tipo de crime, tendo sido assassinadas 24 pessoas. Logo atrás, veio Russas e Limoeiro do Norte com 14 e 12 homicídios, respectivamente. Tabuleiro do Norte e Alto Santo, embora menos violentos, registram 11 homicídios cada. Atrás deles, veio Aracati com 10.

Em 2020, Limoeiro do Norte registrou 25 assassinatos, seguidos de Russas com 18 e Tabuleiro do Norte com 17 homicídios. Em Morada Nova, 15 já tiveram suas vidas ceifadas neste ano.

Na região, os municípios menos violentos são Itaiçaba onde não foi registrado nenhum assassinato nos dois anos; Iracema, que não registrou crime de morte violenta em 2019 e apenas um em 2020; Ererê com dois assassinatos, sendo um em cada ano e Potiretama, que teve três homicídios registrados, sendo dois em 2019 e um em 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *