Cid Gomes deixa UTI e vai para a enfermaria, diz boletim médico; estado de saúde é estável

O ex-governador do Ceará e senador licenciado Cid Gomes deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi transferido para a enfermaria, informou o Hospital do Coração de Sobral, na manhã desta quinta-feira (20). O estado de saúde de Cid está estabilizado, “matendo-se hemodinamicamente estável e com padrão normal”, segundo a unidade de saúde.

O boletim médico, divulgado às 8h40, não diz se o senador receberá alta hospitalar. Também não há informações sobre uma possível transferência de Cid Gomes para outra unidade de saúde do estado.

Cid Gomes foi baleado ao tentar furar o bloqueio formado por policiais militares que estavam no 3º Batalhão da Polícia Militar do município. O senador pilotava uma retroescavadeira e foi atingido pelos disparos quando avançou sobre os PMs chegando a derrubar o portão de entrada do quartel. De acordo com a assessoria do político, um projétil bateu na clavícula e saiu, enquanto o outro se alojou no pulmão esquerdo. Ele passou a noite na UTI do Hospital do Coração, em Sobral.

Investigação

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que as investigações a respeito do crime cometido contra Cid Gomes estão com o Núcleo de Homicídios da Delegacia Regional de Sobral da Polícia Civil. Uma equipe do Grupo de Pronta Intervenção (GPI) da Polícia Federal, composta por agentes, peritos e papiloscopistas está se dirigindo à Sobral para auxiliar os trabalhos da Polícia Civil.

Ainda durante a noite desta quarta-feira (19), os policiais que estavam amotinados no quartel de Sobral abandonaram o local.

Ciro se pronuncia

O irmão de Cid, Ciro Gomes, publicou em rede social que o senador “foi vítima de dois tiros de arma de fogo por parte de policiais militares amotinados e mascarados”. Conforme Ciro, “as informações médicas são de que as balas não atingiram órgãos vitais apesar de terem mirado seu peito esquerdo”.

“Novos exames estão sendo feitos, mas a palavra aos familiares e amigos é de que Cid não corre risco de morte”, informou Ciro.

Momentos antes dos tiros, Cid Gomes postou stories em seu Instagram afirmando que iria a Sobral para “definir coletivamente uma estratégia para dar paz” à cidade.

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *